Visit Citebite Deep link provided by Citebite
Close this shade
Source:  http://www.pmtb.com.br/index.jsp?arquivo=webcontrol/canal.jsp&cod=208
   On-line agora 8
b2
b1
b4
b4
b4
b4
b4
b4
 

O Município > Aspectos Culturais


O calendário de eventos movimenta a comunidade logo no início do ano. Em janeiro , nos dias 5 e 6 acontece a festa dos Santos Reis . Tem apresentação de grupos folclóricos.

No mês de fevereiro , acontece o carnaval da cidade , festejado com trios elétricos em blocos tradicionais como: Bloco Recordar é Viver, Tribo Santo Antônio e As Piranhas (homens caracterizados de mulheres). Na semana Santa há os festejos religiosos na Igreja Matriz, vias sacras pelas ruas da cidade e queima de Judas nos povoados.

Junho é um mês movimentado. Há a "Semana da Cultura" alusiva a Tobias Barreto, festejos juninos durante todo o mês com forró em toda a cidade, passeio de carroças, casamento caipira, queima de fogueira em todas as residências, queima de fogos e concurso de quadrilha.

No dia 15 de agosto, Tobias Barreto acorda com a alvorada festiva em honra da sua padroeira, Nossa Senhora Imperatriz dos Campos. A festa é precedida por um concorrido novenário. No dia Santo, há missa festiva e concelebrada e procissão com a imagem da santa pelas ruas da cidade.

Em outubro há as comemorações do dia da criança, com desfile das escolas e exposição agropecuária, com a participação das crianças da região.

As solenidades ficam mais bonitas com a participação da Filarmônica "Lira Nossa Senhora dos Campos".

Os moradores de Tobias Barreto se concentram no Estádio de Futebol Antônio Brejeiro, conhecido como "O Brejeirão", para torcer por seu time favorito, o Amadense Esporte Clube.

As atividades culturais são desenvolvidas na Biblioteca Municipal, no Memorial Tobias Barreto, na sede da Filarmônica e também nas escolas.

Muitas pessoas nascidas no município destacam-se na literatura, nas letras e nas leis. São elas: Abelardo Barreto do Rosário (1903), graduado em Ciências Jurídicas e Sociais. Escritor, jurista e poeta; Aderbal Corrêa Barbosa (1925), graduado em Engenharia Agronômica. Jornalista, poeta e historiador. Foi um dos incentivadores da mudança do nome do município para o atual; Antônio Muniz de Souza e Oliveira (1782-1857), militar, participou do combate às tropas de Napoleão na invasão de Portugal em 1807. Foi considerado um verdadeiro apóstolo da civilização e ciência. De natureza apaziguadora, colaborou na catequese dos Índios; Antônio Souza Ramos, advogado e político. Foi deputado Estadual e Secretário de Estado; Azarias Barreto dos Santos (1900), músico. Foi professor de música da rede pública, poeta e escritor; Carlos Alberto dos Santos, sacerdote. Pároco do município de Itabaiana. Foi vigário de Maruim, por onde passa, deixa a marca do seu dinamismo e da sua fidelidade como seguidor da palavra de Jesus Cristo; Elias do Rosário Montalvão (1873-1935), cirurgião-dentista, historiador e pesquisador. Publicou, na dácada de 20, "Meu Sergipe" e também estudos chorográficos sobre alguns municípios sergipanos; Epiphânio da Fonseca Dória e Menezes (1884-1976) conseguiu adquirir conhecimentos por esforço próprio. A princípio, trabalhou no comércio, mais tarde colaborou com a Promotoria de várias cidades. Inclinado para as letras, foi Bibliotecário da Biblioteca Pública que meritoriamente leva o seu nome. Fundou e participou de vários clubes literários. Membro efetivo do INGS; João Valeriano dos Santos (1916), político. Foi vereador Estadual; José Antônio de Lemos (1858-1935), político. Foi deputado por várias legislaturas, advogado provisório e poeta; José de Albuquerque Feijó (1899), professor de canto orfeônico, músico, regente e compositor. É autor do hino do Centenário de Aracaju; José Francisco Menezes (1917), conhecido também como Muniz Santa Fé. Poeta e escritor; Maria Cremilda, graduada em Ciências Jurídicas e Sociais. Empresária e primeira vereadora do município; Rafael Arcanjo Montalvão (1854-1924), professor, escritor, advogado e promotor. Foi deputado na Constituinte Estadual de 1892 e, posteriormente, em várias legislaturas; Raimundo Rosa Santos (1911), graduado em Ciências Jurídicas e Sociais, foi desembargador.

A população estudantil está assim distribuída: Escolas Municipais de Ensino Fundamental Álvaro Alves de Matos (242 alunos), Amélia Alves de Matos (42 alunos), Amintas L. Ramos (698 alunos), Ananias Viana (25 alunos), Antonieta das V. França (101 alunos), Antônio D. dos Santos (17 alunos), Antônio E. dos Santos (82 alunos), Auzenira G. Santana (117 alunos), Belina Siqueira (18 alunos), Boaventura de O. Santos (29 alunos), Dep. Arnaldo Garcez (316 alunos), Dr. José R. B. de Matos (105 alunos), Eduardo Bispo dos Santos (37 alunos), Elisabete L. dos Santos (15 alunos), Elze Dantas (77 alunos), Escola São Vicente (69 alunos), Ester de Lemos Matos (63 alunos), Gertrudes F. da Rocha (26 alunos), Gilmara Fontes de Góis (290 alunos), Honorina M. das Virgens (31 alunos), Iraildes P. de Carvalho (967 alunos), Italva Almeida da Fonseca (118 alunos), Jardim de Infância J. Ramos (227 alunos), João Bispo dos Santos (72 alunos), João M. das Chagas (38 alunos), João dos S. Araújo (51 alunos), João Rodrigues dos Santos (181 alunos), João V. dos Santos (63 alunos), Joaquim S. de Menezes (135 alunos), José Benício dos Santos (25 alunos), José C. dos Santos (81 alunos), José F. do Nascimento (16 alunos), José Ismael Alves (40 alunos), José R. de Araújo (50 alunos), Josefa Oliva de Menezes (36 alunos), Josefina S. Nogueira (9 alunos), Ladislau Andrade (35 alunos), Letiza V. dos Santos (9 alunos), Lídia do Amor Divino (61 alunos), Lugarejo Serrinha (28 alunos), Luiz A. de Oliveira Filho (14 alunos), Manoel E. de Santana (24 alunos), Manoel Geraldo (44 alunos), Manoel José Ribeiro (27 alunos), Manoel S. dos Santos (34 alunos), Maria A. R. da Silva (33 alunos), Maria Madalena (141 alunos), Maria N. R. dos Santos (154 alunos), Mariana M. de Souza (77 alunos), Maxiano Vidal da Silva (27 alunos), Nicodemos C. Falcão (478 alunos), Nossa Senhora D??juda (139 alunos), Paulo Freire (411 alunos), Pedro Belo (37 alunos), Pedro Izidio de Oliveira (210 alunos), Pedro Vieira de Góis (61 alunos), Regina V. dos Santos (72 alunos), Salustiano Ribeiro (41 alunos), São Vicente (11 alunos), Santa Terezinha (159 alunos), Nossa Senhora de Zeferino de Souza Lima (49 alunos).

Escolas Estaduais Abelardo Barreto do Rosário, Castelo Branco, Gov. Albano Franco, João Antônio César, Rosinha Felipe e Tobias Barreto; Escolas Particulares Basílio Batista Santana, Cecília Meirelles, Marly do C. B. Campos, Nossa Senhora Imperatriz e Nossa Senhora do Carmo.

Última atualização em : 21-02-2009 00:17:49

2009© Copyright iTEC Informática (79)8125-2751 :: Powered with Webcontrol